quarta-feira, 18 de abril de 2012

BR 367: Ô DNIT, queremos asfalto já!

 Perguntas que não querem calar
 BR 367: SERÁ QUE É NECESSÁRIO UM NOVO PROJETO DE CONSTRUÇÃO?
Nós, os sem-asfalto, que amassamos barro nas irresponsabilidades dos governos estadual e federal;
Nós, que já comemos muita poeira criada no esquecimento dos nossos representantes estaduais e federais;
Nós, que quebramos nossos carros nos buracos da negligência;
Nós, que perdemos entes queridos e convivemos com outros que ficaram aleijados;
Nós, que já perdemos a paciência de tanto sair para viajar e ainda não temos certeza que vamos chegar.

Nós perguntamos:

Pra que Edital de projeto, ô DNIT? 
Já existe um Projeto que foi pago com dinheiro público federal, repassado ao DER de Minas.  
O DNIT e o DER poderiam se explicar e dizer como foram construídos os 7 km, entre Minas Novas e Chapada do Norte, durante os governos Aécio Neves e Lula? 
E a ponte sobre o rio Fanado, em Minas Novas? 
Estas obras deixadas pelo meio do caminho foram realizadas sem projeto?
Quanto custou tudo e quanto foi liberado pelo Ministério dos Transportes? 
Quanto foi recebido pelo DER que repassou para a falida empreiteira Minas Sul? 
E a terceirizada EGESA que executou as obras intermináveis, levou quanto? 
Assumam o projeto que foi utilizado em 2003-2006 e ganharemos 365 dias. Um ano! 
Não dá mais pra esperar!
Asfalto já!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário