quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Governo de Minas premia Centro Cultural Luz da Lua de Araçuai


A entrega do prêmio será feita pelo governador de Minas, Antonio Anastasia, e pela secretária de Estado da Cultura, Eliane Parreiras, no dia 28 de fevereiro



O Centro Cultural Luz da Lua foi inaugurado em 2007 pelo produtor cultural Zé Pereira

O Centro Cultural Luz da Lua , em Araçuai, no Vale do Jequitinhonha, está entre as quatro
instituições culturais do Estado que receberão o Prêmio Artes Cênicas de Minas Gerais,
que está em sua quinta edição.

A entrega do prêmio será  feita pelo governador de Minas, Antonio Anastasia, e pela
secretária de Estado da Cultura,  Eliane Parreiras, no dia 28 de fevereiro, a partir das
11 horas,  na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

Além do Luz da Lua, foram premiadas duas companhias de teatro de  Belo Horizonte e
uma de Uberlândia no Triângulo Mineiro. Elas receberão R$ 40 mil em dinheiro.
   
“Com este dinheiro, vamos fazer uma campanha de popularização do teatro, com grupos
de Belo Horizonte e do  interior, dando sequência à programação do teatro com preços
acessíveis à população. Quero também melhorar as instalações do Centro Cultural”,
afirma Zé Pereira, diretor e fundador do Centro Cultural Luz da Lua.
  
O que é o Prêmio
 Lançado em outubro de 2007, o Cena Minas – Prêmio Estado de Minas Gerais de Artes Cênicas - 
foi criado com o intuito de fomentar, incentivar e fortalecer as produções cênicas do Estado, com 
foco em teatro, dança e circo.
  
É realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, com patrocínio da Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais), através de recursos da Lei Rouanet, e em parceria com o
Instituto Cultural Sérgio Magnani.
  
Dentre seus objetivos, o Cena Minas pretende garantir a manutenção de espaços culturais,
a aquisição de novos equipamentos e ampliar o acesso pelo público à arte, com a realização
de espetáculos voltados aos alunos e professores da Rede Pública Estadual de Ensino.

O projeto também tem como tônica possibilitar melhores condições de trabalho aos artistas
cênicos, incentivar pesquisas de linguagem e experimentação, favorecer a troca de experiência
entre os grupos e contribuir para a formação de novos públicos, especialmente crianças e jovens
das diversas regiões do Estado.

Sérgio Vasconcelos
Repórter
na Gazeta de Araçuaí

Um comentário:

Almir Almeida disse...

A cultura é o somatório de costumes, tradições e valores, é um jeito próprio de ser, estar e sentir o mundo, ‘jeito’ este que leva o indivíduo a fazer, ou a expressar-se, de forma característica.
Parabéns ...Nina ...Zé Pereira ... Sucesso sempre!

Postar um comentário